17
nov

Um jovem turista muito romântico, ao passar em uma loja em Paris, resolveu comprar um belo par de luvas para enviar à sua jovem namorada ainda virgem, de família tradicional, a quem muito respeitava.
Na pressa de embrulhar o presente, a moça da loja cometeu um engano e trocou as luvas por uma calcinha. O jovem
, não notando a troca, remeteu-a com a seguinte carta:

“Paris, 27 de maio de 1999.

Querida, sabendo que dia 12 é o dia dos namorados, resolvi te mandar um presentinho.
Embora eu saiba que você não costuma usar (pelo menos eu nunca te vi usando), acho que vai gostar da cor e do modelo.
A moça da loja a experimentou e, pelo que eu vi, ficou ótima. Apesar de um pouco larga na frente, ela disse que é melhor assim do que muito apertada, pois as mãos entram melhor e os dedos podem se movimentar bem a vontade. Depois de usá-la, é bom virar do avesso e colocar um pouco de talco para evitar aquele odor desagradável.
Espero que você goste, pois vai cobrir aquilo que um dia irei te pedir, além de proteger o local em que colocarei aquilo que você tanto sonha. Um beijo (no lugar onde você ira usá-la).

PS:: Não me espere retornar para estreá-la. Quero que todos os meus amigosvejam você com ela.
E depois esfregue na cara daquelas suas amigas invejosas, pois nunca vi nenhuma delas usando.”

Sugestão: Guilherme Lehnen Via: Msn

Deixe seu comentário:

Acompanhantes Brasília DF
Corre que tem promoção!